Amadas... Vocês trazem inspiração, beleza, suavidade, alegria, criatividade para o Universo… É chegado o momento desse estado se tornar permanente em vossas vidas! Vocês são como flores no jardim cósmico e precisam ser diariamente regadas com as energias de AMOR, SABEDORIA, PODER E BELEZA DIVINA... Por isso reconheça o seu EU e desperte TODO O SEU POTENCIAL DIVINO!!!

Namastê

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Ensinamentos V - Yoga Divina


Na yoga estamos trabalhando tanto o campo físico, a musculatura, respiração como, também a figura de desaparecer e ser aquela forma, aquela energia, pois não podemos nos prender em imagens, temos que ter a capacidade de nos sentir verdadeiramente como uma estrela, por exemplo, com as águas, as árvores e isso se chama conexão, abertura...

Por isso as mulheres têm muito contato com o divino porque elas já possuem naturalmente essa abertura. Nós somos privilegiadas, não no sentido de vaidade, de orgulho, mas é um privilegio ser mulher e não o contrário, como por exemplo, para fazer essa yoga, as mulheres rapidamente entram nessa energia porque ela já tem essa abertura, homens mais sensíveis já estão no caminho, eles já sabem disso...

Então, a yoga que praticamos tem esses ensinamentos. Nós entramos na postura e procuramos entrar na energia, seja fazendo postura de animais ou elementos, trabalhando abertura de ser a aquela energia e recebê-la. Tendo a capacidade de sentir o Universo, de ser o que nós somos, porque nós somos o universo verdadeiramente, mas para isso tem fazer um grande sacrifício, deixar de lado o ego... Compreendem?! Não é ser todo o universo para o ego ser, para o ego realizar os desejos dele ou potencializar o ego, aumentando a ilusão que vai levar um nada criativo, criando até doenças, muitas vezes acompanhados de problemas no cérebro.

Então, o mais sensato é começarmos a sentir essa energia, dispersar tudo e começar a querer, orar a Deus para que nós possamos compreender o nosso pequeno tamanho e pedi para desaparecer, para o que for do ego em nós desaparecer. Todo o trabalho é para que isso aconteça, um desaparecer com estruturação, pois não se pode desaparecer sem prática efetiva, sem conhecimentos reais, para que você possa ter segurança, pois sem essa segurança você pode ter um surto psicótico. Compreende?!!

Dai a necessidade de tudo que vocês estão aprendendo, praticarem! Essa energia da Deusa que vocês estão recebendo, pratiquem! Não é para fora, fora é apenas uma brincadeira. E é muito bom experimentar isso fora... é muito lindo!

Essas construções, essas praticas precisam ser realizadas, façam isso com disciplina porque dão ancoramento, pois não são praticas vazias ou de livro, essas são praticas vivas porque esse conhecimento de Shamballa abriu agora para a Terra. É vivo!! Vocês percebem quando essa energia chega, ela mexe diferente, diferente porque é viva! É conhecimento direto! Compreendem?!

Então, quando estiverem fazendo essa prática, vocês estarão recebendo essa energia. Práticas que vocês receberam, se conectem, façam sempre mantras, sempre Namaste, conectem com a Força Divina... Esse ritual agora Devacânico procurem aprender e fazer muito em casa porque equilibra a coluna Aharata (dos chakras).

Vamos, então começar...
Quem não conseguir fazer, às vezes no inicio é difícil, não se preocupem, tentem fazer como conseguem e as poucos vai chegando, vai abrindo a energia tanto física, quanto emocional e mental. Ok?! Isso é para a construção do corpo sutil, se não pude fazer determinada postura, se visualize fazendo com perfeição aquela postura.

Então, vamos ficar de cócoras, sentindo bem essa conexão com a terra, nós estamos entrando na dimensão do Muladhara... Fecha os olhos e coloca a mão no queixo e tentem encostar os cotovelos no chão... (se não conseguir, vai até onde conseguir) Respire... Sinta os músculos, os que mais trabalham os que menos trabalham... Relaxem os que não estão trabalhando. A respiração muito suave, profunda e tranqüila. Se vejam nesta postura... Este é o mundo da Deusa PRITHVI, a Deusa que comanda o Muladhara chakra, essa Deus dá para nós a calma, o poder da autoconfiança... Sinta a sensação de cura que espalha pelos seus ossos e pelos músculos. A energia do Muladhara chakra preenche os ossos e os músculos, trazendo a saúde para o corpo físico. Sintam isso acontecendo e vamos entoar o mantra PRITHVI...


Inspire e lentamente vai saindo dessa postura, e coloque as mãos atrás, os dedos virados para trás, junte as plantas dos pés um no outro, aproxime a pelves nos pés... Abra bem o peito e deixa a cabeça solta para trás. Sinta a abertura desta postura, observe os músculos, os que trabalham o alongamento deles, o relaxamento que dá na região do baixo ventre, exatamente no lugar do SWADHISTHANA chakra... Respirem... Se entreguem... Este é o mundo da Deus VARUNA, o Deus das águas. Sinta todas as manifestações das águas no planeta Terra, as cachoeiras, os mares, rios... Deixem essa água fluir em você, nos meridianos... Sinta-se banhada por essas águas, os meridianos se abrindo, relaxa o corpo... Sinta a qualidade da energia das águas, da entrega, da flexibilidade, da beleza, da harmonia, deixa essa energia fluir, limpando tudo, purificando... abrindo nossa sensualidade, sexualidade... Inspirando... Sinta a força Do Deus VARUNA, as forças das águas que se movimentam, entre em contato com essa divindade... e vamos entoar o mantra VARUNA...

Lentamente traga a cabeça, espere um pouco quando a cabeça volta, sentindo o efeito... Alongue as pernas, traga os braços e sente-se. Sinta o coquis, apoiado... Abra os braços como um ‘V’, as mãos ficam firmes, deita levemente e sinta o coquis e levante os pés. Isso como um fogo se levantando do seu MANIPURA chakra, como um sol ou uma grande fogueira se abrindo. A energia do fogo! Respire, entre em contato com a energia ativa, rápida de realização, a energia de Business, imã da prosperidade, da energia do sol... Este é o mundo do Deus AGNE, sinta a cura também no fígado, baço e vamos entoar o mantra AGNE...

Lentamente deite-se e relaxe... Relaxe completamente e veja o fogo se espalhando do seu MANIPURA chakra, queimando todas as impurezas, abrindo as 10 pétalas do MANIPURA chakra...

E gire para o lado direito, coloque a mão esquerda no chão e se erga, sente-se sobre os joelhos, na postura de perola... Coloque o pé direito para trás e pegue com as duas mãos o tornozelo, sentada sobre a perna esquerda... E abra o peito. Sinta a energia do ar, o ANAHATA chakra se abrindo, respire... Sinta a dimensão do amor, a doçura, veja flores, os devas, os anjos... Este é o mundo do Deus VAIU, respire e lentamente trocamos de pernas e voltando para a mesma posição... Respire, sinta a ação de cura, abrindo peito, nos pulmões, no coração... Uma energia de cura circulando esses órgãos e vamos entoar o mantra VAIU...

Inspiramos e lentamente trazemos a perna, sentamos e relaxamos... Fecha os olhos e relaxa...

Do jeito em que estão sentadas, coloque apenas a perna direita por cima da esquerda, alonga bem a coluna, o braço direito bem por cima do esquerdo por baixo... Respire... E sinta a plasticidade dessa postura, a beleza... Estamos entrando no terreno da criatividade, sinta a abertura em alguns músculos, a passagem de energia pela musculatura, abrindo os meridianos... Respirem... Este é o mundo do Deus da criatividade, respirando... E sinta a qualidade do entusiasmo, da entrega da criança... Sinta que nesse lugar não tem programas estabelecidos, é tudo muito criativo, a todo instante a energia da criatividade flui, é tudo muito belo... Inspiramos e desfazemos lentamente essa postura... Colocando a perna direita para o lugar. A esquerda vem agora por cima da direita o braço esquerdo sobe, respirando... Sentindo uma ação de cura nessa região da garganta, nas cordas vocais, nos ouvidos e entoamos o mantra INDRA... Que é o Deus da criatividade...

Soltamo
s lentamente, desfazendo da postura... Juntamos as pernas, trazemos os pés para perto, perna com coxa, abraçamos as pernas... Alongando bem a coluna... Colocamos a cabeça (testa) apoiada nos joelhos levantando ligeiramente os pés do chão, e nos concentramos na energia, sentido e apoiando no coquis... Sinta o ADJNA chakra se abrindo, de cor índigo, as qualidades da realização... Respirem... Este é o terreno do Deus SHIVA... Sinta uma ação de cura se espalhando pelos olhos... Inspirem e expirem... e vamos entoar o mantra SHIVA...

Inspirem, colocando os pés lentamente no chão. Vai sentando na postura de lótus ou semi lótus. Dirigindo a energia toda para o alto... Coloca a mão esquerda no SAHASHARA, no topo da cabeça e a mão direita por cima... E vamos fazer massagem no sentido horário... Sentido abrir essa conexão sagrada, respirem... Este é o mundo do Deus absoluto, Deus BHARMA... Daqui ele olha para todos os ouros centros de energia e não há mais identificação nenhuma... O vazio, a profunda diluição... Tudo que foi construído agora se dilui... Respirem... Permaneçam com a atenção no alto e abaixem as mãos... a respiração pelo nariz, coloque a língua no palato... A coluna ereta... E vamos entoar no mantra BHARMA...

Agora, lentamente desfaz a postura e deita... Relaxa completamente...!! Solta todos os pensamentos... Se entregue a diluição...

Aos poucos nós sentimos toda a coluna de Aharata... cada centro de energia... sinta esse grande tubo de energia dimensional, onde a Terra é o Muladhara, um grande centro de energia e acima uma grande centro de energia, o Swadhisthana chakra. Acima a dimensão do corpo vital, o sol e acima do sol o Anahata, o corpo astral infinitamente maior do o sol... Acima o Vishudha chakra, o corpo mental, que abarca toda a dimensão das estrelas no infinito... Acima o Adjna chakra, completamente acima do infinito das estrelas... O Sahashara chakra, onde não há tempo nem espaço, não tem cor e não tem cheiro... O estado de objetividade... muito, muito acima... a desidentificação completa, há apenas energia, só energia... na forma mais alta, mais pura e qualificada...

Muito lentamente comece a respirar... Ter uma respiração profunda... Movendo pés e mãos... Comece a se mover... Sentindo que você faz parte dessa grande coluna de Aharata, comece a sentir o corpo físico da coluna de Aharata... Movimente lentamente, se despreguiçando... Sentindo prazer de fazer parte desse universo... Fazendo parte dessa imensidão... Passa a mão no corpo, sinta prazer de ter esse corpo, de cuidar dele, pois é a partir dele é que nós vamos poder sentir as energias... Por isso precisamos cuidar dele, para alcançar as energias mais altas... Sinta que Deus está ai... Não tem como distanciar de Deus... Tudo é criação divina... Acordem para isso!!!!

Um comentário:

lualia disse...

NAMASTÊ!
QUE DELÍCIA DE MÚSICA DE INFORMAÇÕES.
MUITO OBRIGADA POR TER TOMADO CONHECIMENTO DO MUNDO MARAVILHOSO DAS DEUSAS
ABRAÇOS.